WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
Olá, como posso ajudar?

Compras Compulsivas, Sexo Compulsivo e Jogo Patológico

São obsessões, cada um referente a seu tema, compras, sexo promíscuo e jogo. Há uma tensão crescente que leva o portador a praticar o ato, geralmente prejudicial a si próprio, mesmo afirmando que não querem praticá-lo. O grau de risco existe, menor ou maior, mas no momento da execução, o pensamento no prejuízo resultante do que foi praticado é inexistente, só sentem prazer. A culpa, caso exista, só vem depois.

Sexuais: os transtornos sexuais são muitos e, por tratar-se de assunto tabu em nossa sociedade, raramente as pessoas buscam auxílio profissional, preferindo viver em sofrimento. As seguintes especificações se aplicam a todas as Disfunções Sexuais primárias: Tipo Durante Toda a Vida / Tipo Adquirida / Tipo Generalizada / Tipo Situacional Devido a Fatores Psicológicos / Devido a Fatores Combinados.

A sexualidade engloba muito mais do que a prática do sexo. Ao falar de sexualidade estamos pensando nas energias que são canalizadas no nosso corpo dessa maneira, isto é, na forma de sexualidade. Estamos falando de nossos desejos, sensações prazerosas, da compreensão sobre a maneira como sentimos e lidamos com as questões que envolvem tais energias. de como controlamos os nossos impulsos relativos ao sexo, de como podemos expressar a nossa sexualidade publicamente ou intimamente, de como estas manifestações alteram e interferem nas nossas vidas e de como essa energia pode ser usada bem ou mau, construtiva ou de maneira desastrosa. Assim, palestras onde o tema é sexualidade englobam mais do que falar do traço mais íntimo do ser humano, como se manifesta diferentemente em cada indivíduo de acordo com a realidade e as experiências vivenciadas. Como agir quando duas crianças do mesmo gênero procuram toques entre si? Também é informar sobre o sexo seguro ou arriscado, gravidez na adolescência, abusos, dentre outros. O termo “sexualidade” nos remete a um universo onde tudo é relativo, pessoal e muitas vezes paradoxal. O tema é tabu, mas necessário aos nossos adolescentes, que são tão precoces na atualidade.

Transtorno de aversão sexual, pouco desejo, Transtorno do Desejo Sexual Feminino, Transtorno Erétil Masculino, Ejaculação Precoce, Anorgasmia (não ter orgasmo), Dispareunia (dor intensa na relação sexual e logo após o ato), Vaginismo (contração involuntária dos músculos próximos à vagina, dificultando ou até impedindo a penetração pelo pênis), Disfunção Sexual Induzida por Substância, Exibicionismo, Fetichismo, Voyeurismo, Parafilia, Pedofilia, Masoquismo, Sadismo, Fetichismo Transvéstico, Transtorno de identidade sexual, etc.

Consumismo: é uma compulsão que leva o indivíduo a comprar de forma ilimitada, sem necessidade e consciência, bens, mercadorias e/ou serviços. Ele se deixa influenciar excessivamente pela mídia, o que é comum em um sistema dominado pelas preocupações de ordem material, na qual os apelos do capitalismo calam fundo na mente humana.

É compulsivo e descontrolado. O consumista não age como o consumidor, que compra as mercadorias e os serviços que necessita para sua existência, já aquele está sempre atravessando as fronteiras da necessidade e tocando as margens do supérfluo. Ele atua muitas vezes movido por distúrbios emocionais e psicológicos, ou por motivações socioeconômicas, como uma espécie de compensação pela frieza do convívio social, pela carência financeira, por uma autoestima deteriorada, e por tantas outras razões.

O resultado dessa atitude impulsiva é geralmente o endividamento crescente, então o indivíduo assume uma sobrecarga de trabalho, na tentativa de eliminar as dívidas, consequentemente se submete a um regime de exploração no trabalho, novamente se vê emocionalmente frágil e se torna propenso de novo ao consumismo feroz. Como se percebe, cria-se um círculo vicioso, do qual somente com muito esforço e um eficaz tratamento terapêutico o sujeito pode se libertar.

Jogo Patológico: ocorre quando há uma incapacidade persistente e recorrente em resistir ao impulso para jogos de azar e apostas;

Transtorno Explosivo Intermitente: são episódios de fracasso em controlar impulsos agressivos, resultando em agressões ou destruição de propriedades;

Cleptomania: são fracassos recorrentes em resistir a impulsos de furtar objetos desnecessários para uso pessoal, ou destituídos de valor financeiro;

Piromania: é o fracasso em controlar o impulso incendiário, cujo comportamento se dá  por prazer, gratificação ou alívio de ansiedade;

Tricotilomania: Tricotilomania: comportamento periódico de arrancar os cabelos tendo como resultado uma perda capilar perceptível. Esse impulso tem início em situações de stress ou ansiedade. A sensação de tensão é crescente imediatamente antes de arrancar o cabelo, seguida pela sensação de prazer, alívio ou satisfação. Os cabelos podem ser arrancados de várias regiões do corpo, mas principalmente do couro cabeludo, sobrancelhas e cílios.

Os portadores do transtorno ainda podem tentar arrancar pelos pubianos, retal ou axilar, cabelos de outras pessoas, pelos de animais de estimação, fios de tapetes e blusas. Também há os comportamentos associados: analisar a raiz capilar ao arrancar o cabelo, colocar uma mecha entre os dentes ou comer os cabelos (tricofagia).

A terapia comportamental denominada Reversão de Hábitos costuma ser o tratamento mais eficaz.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.